Um forte terremoto atingiu o Tajiquistão perto da fronteira com a China

DUSHANBE, 23 Fev (Reuters) – Um terremoto de magnitude 6,8 na escala Richter atingiu o leste do Tadjiquistão às 5h37 (0h37 GMT) desta quinta-feira, disseram autoridades tadjiques, e foi sentido na China e em outros países vizinhos.

O terremoto atingiu a montanhosa região autônoma de Gorno-Badakhshan no início deste mês, que foi atingida por uma série de avalanches mortais. Embora pouco povoada, abriga um grande lago, o Sares, que, se perturbado, inundaria uma vasta área abrangendo vários países.

Autoridades tadjiques disseram que não há sinais de que o lago tenha sido drenado pelo terremoto.

O tremor ocorreu a cerca de 82 quilômetros da fronteira mais próxima da China e foi sentido fortemente em partes da região ocidental de Xinjiang, incluindo Kashgar e Artux, informou a televisão estatal chinesa CCTV, com magnitude de 7,2.

Em Korno-Batakshan, no distrito vizinho de Rushon, um morador local disse que muitas pessoas correram para fora depois de serem acordadas pelo terremoto, que foi seguido por pelo menos dois tremores secundários.

Ultimas atualizações

Veja mais 2 histórias

Nenhuma vítima foi relatada no Tajiquistão ou na China. A eletricidade e as comunicações estão normais em Kashgar, informou a mídia estatal Xinhua.

O Departamento Ferroviário de Xinjiang pediu a suspensão dos trens de passageiros de Aksu para Kashgar na Southern Xinjiang Railway, informou a mídia estatal.

As autoridades locais estão inspecionando pontes, túneis e equipamentos de sinalização, disse a CCTV.

Declaração de Nazarali Purnazarov e da Redação de Pequim; Edição por Stephen Coates e Emilia Sithole-Madaris

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

READ  Os membros da Costco agora têm acesso a consultas médicas on-line por US$ 29

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *