CurtinhasCurtinhas

Mirassol D'Oeste: Soberba - qualidade de quem é arrogante, presunçoso, prepotente e intolerante

Informações chegadas a este site, dão conta que na data de 26/05/2017, um vereador de Mirassol D'Oeste, durante a despedida de médicos, teria dito em alto e bom tom, as seguintes frases: - eu é que mando na Secretaria de Educação; eu é quem mando na Secretaria de Saúde; eu é quem mando no Hospital Samuel Greve... 

Na passagem bíblica escrita no livro de Provérbios de Salomão, cap. 16:18,19, diz que “a soberba precede a ruína e a altivez do espírito precede a queda”. Ainda de forma velada, talvez esse vereador tenha usado da mesma mensagem bíblica para fazer suas "comemorações", não lembrando que tudo tem o seu tempo.

“Melhor é ser humilde de espírito com os mansos, do que repartir o despojo com os soberbos”.

Mirassol D'Oeste: Farra com dinheiro público na Câmara de Vereadores

Alguns vereadores foram “premiados” pelo “Instituto Tiradentes”, onde por tal “menção”, a Câmara de Vereadores de Mirassol D’Oeste teria disponibilizado aquele Instituto, o valor de R$ 750,00 (setecentos e cinquenta reais) para cada um, mais passagens ao custo de diárias de R$ 3.828,00 (três mil e oitocentos  e vinte e oito reais) e, R$ 2.600,00 (dois mil e seiscentos reais) respectivamente, além das passagens no total de R$ 7.634,00 (sete mil, seiscentos e trinta e quatro reais).

CHEFE DO MPE: "Prender corrupto e não tomar patrimônio é enxugar gelo"

O novo procurador-geral de Justiça de MT, Mauro Curvo, declarou ao Conexão Poder, que defende que qualquer agente público acusado por corrupção, tenha os bens, em seu nome e de seus familiares, tomados pela Justiça. “Toma tudo dele ele que vá provar que é lícito; se não for assim, vamos continuar enxugando gelo”, prevê.

Mauro Curvo assumiu o comando do MPE no dia 6 de março, após 20 anos de atuação. O procurador fez declarações polêmicas. Confira abaixo, na íntegra a entrevista.

Buracos tomam conta de cidade

Com aproximadamente 100 dias de gestão, a prefeita interina de Mirassol D'Oeste, deixa a desejar.

A quantidade de crateras espalhadas pela cidade tem deixado a população irritadíssima com a prefeita. Passou da hora de agir. Tira o pé do freio!

Extemporânea

Pré-candidatos a vereador e a prefeito de Mirassol D'Oeste estão correndo o risco de terem suas candidaturas cassadas por propaganda eleitoral antecipada. Nos grupos de WhatsApp e até nas emissoras de rádio, já há indícios suficientes para cassar candidaturas de uma dezena de espertinhos.

Atos de pessoal

ATENÇÃO!! Nos três meses que antecedem o dia da eleição e até a posse dos eleitos, é proibido nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir, sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens, ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional, e remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito.

Acórdão n° 20.570 (TRE/PR)

"A propaganda eleitoral ilícita há que ser aquela em que o pré-candidato atua como se candidato fosse, visando influir diretamente na vontade dos eleitores, mediante ações que traduzem um propósito de fixar sua imagem e suas linhas de ação política, em situação apta, em tese, a provocar um desequilíbrio no procedimento eleitoral relativamente a outros candidatos, que somente após as convenções poderão adotar esse tipo de propaganda."

Vereadores têm até sexta-feira para mudar de partido

Os vereadores que pretendem ir à reeleição no pleito de outubro deste ano têm até sexta-feira (01/04/2016) para definir em qual partido político disputará a eleição. Isto porque, nesta data encerra a janela partidária, que permite a troca de partido sem a perda do mandato eletivo.

Mirassol é noticia em Jales - SP

PIT STOP - Ao passar rapidamente por Jales na última quarta-feira, dia 6, vindo da praia com destino a Mirassol D’Oeste, onde mora há 10 anos, Nilton Mário Pavan Alves, ex-secretário municipal de Esportes e responsável direto pela projeção internacional que o futsal jalesense teve nos anos 70, fez questão de ir à Prefeitura onde foi recebido pelo ex-colega de secretariado Chico Melfi.
 
SOBRAS - Ao Jornal de Jales, Pavan mostrou documentos segundo os quais a Câmara Municipal de Mirassol D’Oeste devolveu à Prefeitura daquela cidade R$ 500 mil, sobras dos duodécimos repassados mensalmente durante 2015. Pavan foi convidado para participar da audiência pública realizada no dia 29 de dezembro.